sábado, 11 de setembro de 2010

Era pra ser mas não foi!


Terminei o ensino médio em 2009, e cursei o 2° grau todo no Ciep Nação Mangueirense com muito orgulho. Naquela expectativa da formatura chegamos ao fatídico dia de escolher o orador da turma, nunca fui de me oferecer pra esse tipo de coisa, mas se me escolhessem não seria um grande problema, pois quando falo em público fico nervosa, mas até que me saio bem. Pois então não fui escolhida como oradora, mas como eu queria fazer parte deste dia de alguma forma, escrevi um texto, pra caso a oradora quisesse lê-lo. mas infelizmente não foi isso que aconteceu :( . E como gostei muito do resultado, gostaria de compartilhar com alguém. Além do mais guardado comigo só ia acumular poeira. É uma fase tão importante de nossa vida que se encerra, realmente é um ciclo que se fecha. Um momento que fica em nossa memória pra sempre.

Passamos boa parte de nossos dias juntos, querendo ou não a convivência cria vínculos não só com os colegas, mas também com os professores, certa intimidade que não se constrói facilmente, nesses três anos que boa parte de nós passamos juntos escrevemos uma história incrível e essa história tem sua última parte sendo contada hoje.


Tenho certeza que tivemos momentos que ficarão eternamente em nossas memórias, momentos bons, hilários e emocionantes, afinal de contas, os mais velhos não dizem que essa é melhor época de nossas vidas? Pois então tentamos aproveitar essa época da melhor maneira possível, com muita diversão e bom humor.


Mesmo sem querer acabamos criando laços, afinal a maioria passou os últimos três anos de suas vidas juntos, três anos acordando cedo, chegando à escola, zoando com os amigos, isso com certeza vai deixar saudades, mesmo quando estávamos de mau humor, por causa do ônibus lotado, sono ou qualquer outra coisa do tipo, quando estávamos juntos o mau humor aos poucos ia embora.


Não sabemos o que será exatamente de nossas vidas daqui pra frente, há apenas uma idéia, um plano, fomos lançados na vida real com a cara e a coragem e não há como voltar atrás, o jeito é se arriscar e se lançar de cabeça na vida, sempre tentando fazer a diferença, cada um do seu jeito em busca de um espaço.


Daqui a alguns anos olharemos para trás e veremos o quanto nos divertimos e fomos felizes nesses três anos, o que aprendemos nesta escola está além do que se aprende em livros e cadernos, se pensarmos bem, aprendemos um pouco em cada gesto, em cada atitude das pessoas a nossa volta, também rimos um bocado de tais atitudes. Definitivamente o que vivemos no Ciep Nação Mangueirense, acho que não viveríamos em outros lugares, não do mesmo jeito, e as pessoas que conhecemos aqui, querendo ou não fazem parte de nossa história, afinal passamos os últimos três anos de nossas vidas neste lugar.


Não vimos o tempo passar, mas ele passou e agora é hora de dizer adeus ao ensino médio e se arriscar na vida real, sempre com objetivo de seguir os nossos sonhos e nunca desistir dos nossos ideais, com bastante garra e persistência tudo acaba se resolvendo, e afinal somos ou não somos os melhores?

4 comentários:

  1. definitivamente o stempos de escola dão saudades... momento nostalgico aki ao ler seu texto!

    Obs: Gostei muito do texto, mas procura dividi-lo em parágrafos (pulando uma linha) pra ficar menos cansativa a leitura...

    beijos Tamiris!

    ResponderExcluir
  2. *__*
    poxa Tami , me fez quase chorar .
    Vou sentir muita falta desses 3 anos , mas a vida continua e as verdadeiras amizades também , por isso continuamos juntas . (:

    ResponderExcluir