sábado, 3 de maio de 2014

Felicidade ostentação


Tenho percebido que, hoje em dia, na era das redes sociais, a felicidade é amplamente divulgada. As pessoas fazem questão de postar viagens, festas, sorrisos, amizades. É a felicidade ostentação. Mas nota-se que a preocupação em divulgar e postar as fotos daquela viagem é maior do que propriamente aproveitá-la. Tira-se 28 fotos na mesma posição com alguma frase de efeito ou trecho de música. Qual o objetivo disso? Muitos likes, comentários, dar uma massageada no ego, ou simplesmente compartilhar uma frase bonita? Difícil saber realmente.

Não há nenhum problema em postar uma saída com amigos em uma festa ou coisas do tipo, creio que isso se torna um problema quando postar a tal festa com amigos se torna mais importante do que propriamente aproveitá-la. E se estiver sem internet, a festa será a mesma? E se todos seus amigos no face não souberem que você tem uma vida muito agitada e badalada, você ainda estará feliz?

A grande questão é que ninguém, absolutamente ninguém é totalmente feliz. Todos temos problemas e frustrações, o que é normal, mas não é tão divulgado quanto a felicidade. Será que de frente para o computador ou celular, ou quando tiramos aquela foto, não encarnamos um personagem? Será que não estamos em uma era muito artificial? Não que passemos a postar somente tristeza, desgraças e fotos horrorosas. Mas que haja a reflexão sobre o postamos, e principalmente, qual nosso objetivo com aquela postagem. Simplesmente aparecer, compartilhar algo relevante para os outros? 

Caso seja a primeira opção, talvez devamos rever algumas coisas em nossa personalidade, ou mesmo no modo de ver a vida. Quando um funkeiro faz questão de mostrar suas jóias, relógios e cordões de ouro, muitas vezes, ele é inseguro e se apoia nas jóias para se sentir confiante. Nossa confiança e auto estima não devem estar baseadas na quantidade de likes ou comentários que temos nas redes sociais, e lembre-se, antes prefira ser feliz, do que ostentar a felicidade. Quando estamos realmente felizes, a felicidade acaba se ostentando sozinha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário