sábado, 13 de dezembro de 2014

Anda




Anda
Se move
Levanta
Anda
No sol
Na chuva
Na lama
Anda

O sono te engana
O cansaço te engana
O medo te engana
Mas mesmo assim
Anda
Se move
Levanta
Anda
No sol
Na chuva
Na lama

Anda que a vida te encanta
Anda que o amor te levanta
Anda que o dia te chama

Anda
Se move
Levanta
Senão o corpo reclama
Senão a cabeça reclama
Senão a alma reclama
Anda, senão a vida desanda.




Nenhum comentário:

Postar um comentário